Salmo

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

ELEVO OS MEUS OLHOS PARA O MONTE

 


ELEVO OS MEUS OLHOS PARA O MONTE
SALMO 121
ELEVO OS OLHOS PARA OS MONTES...
(isto é Desespero)
DE ONDE ME VIRÁ O SOCORRO?
(isto é Necessidade)
O MEU SOCORRO VEM DO SENHOR
(isto é Fé)
QUE FEZ O CÉU E A TERRA.
(isto é Poder)
NÃO DEIXARÁ VACILAR O TEU PÉ.
(isto é Amor)
AQUELE QUE TE GUARDA NÃO DORMITARÁ
(isto é Segurança)
CERTAMENTE NÃO DORMITARÁ
(isto é Confirmação)
NEM DORMIRÁ O GUARDA DE ISRAEL
(este é o Teu DEUS)
O SENHOR É QUEM TE GUARDA
(isto é Dependência)
O SENHOR É A TUA SOMBRA A TUA DIREITA
(isto é Companhia)
O SOL NÃO TE MOLESTARÁ DE DIA
(isto é Cuidado)
NEM A LUA DE NOITE
(isto é Zelo)
O SENHOR TE GUARDARÁ DE TODO O MAL
(isto é Proteção)
ELE GUARDARÁ A TUA ALMA
(isto é Salvação)
O SENHOR GUARDARÁ A TUA ENTRADA E A TUA SAÍDA
(isto é Constância Divina)
DESDE AGORA E PARA SEMPRE.
(ISTO É PROMESSA DE FIDELIDADE ETERNA!)

domingo, 14 de agosto de 2016

Seis Palavras de Gratidão





Seis Palavras para Mais Gratidão
Por Ed Thompson

Uma virtude que vemos muito raramente no mundo profissional e empresarial é a gratidão. Nós somos lembrados dela uma vez por ano em muitos países onde o Dia de Ação de Graças é celebrado. Sentirmo-nos gratos, porém, não deveria se limitar a uma festa anual. A simples ação de levantarmo-nos todas as manhãs, nos sentido saudáveis e capazes de trabalhar deveria inspirar em nós um espírito de gratidão. Na maior parte dos dias nos deparamos com problemas e contrariedades de vários graus, mas ainda assim podemos encontrar muitos motivos para nos sentirmos cheios de gratidão. 

Tempos atrás ouvi uma mensagem do Dr. David Jeremiah, na qual ele sugeria seis palavras que poderiam capacitar as pessoas a viverem com mais gratidão. Não muito depois disso, em um grupo de homens, discutimos essas seis palavras. Para estimular nossos pensamentos, fiz perguntas simples que resultaram em profundas experiências entre nós. Talvez você também ache esses pensamentos úteis: 

Palavra 1 – Relacionamentos – Pedi aos homens: “Fale-nos sobre um relacionamento especial que você tem (ou tenha tido) que o faça profundamente agradecido.” Em resposta, ouvimos histórias tocantes sobre casamentos, amizades e atos de amor decorrentes de relacionamentos proporcionados por Deus. 

Palavra 2 – Recordação – Outro homem perguntou: “De que momentos decisivos em sua vida você se recorda que o tornam grato? Fale-nos sobre eles.”,

Palavra 3 Reflexão – Esta palavra teve o efeito de levar a recordação a um nível mais profundo. Um homem confessou: “Não posso deixar de refletir sobre todos os momentos em que  escolhi o trabalho, e não minha esposa e família. Hoje, sou grato a Deus porque apesar disso, eles me amam e estão ao meu lado.”

Palavra 4 Regozijo – O mesmo homem que falou sobre reflexão começou a regozijar-se com a maneira como Deus preservou seu casamento e sua família ao longo de sua vida. Alguns dizem que chorar não é “coisa de homem”, mas suas lágrimas mexeram com o restante de nós e nos levaram a também nos regozijarmos com a bondade de Deus em nossas vidas. Sentimo-nos muito agradecidos simplesmente por conhecermos as histórias uns dos outros e aplicar suas descobertas a nossas experiências de vida. 

Palavra 5 Reação – Outro homem tinha uma história diferente. Sua esposa e filhos o tinham abandonado porque ele deixara de prover e dar suporte a eles em suas necessidades. Esse homem declarou que, com a ajuda de Deus, estava tentando conquistá-los novamente. O restante de nós reagiu com apoio e oração, com a esperança de restauração para ele e sua família.

Palavra 6 O termo final de nossa discussão foi Alcançar – Depois de ouvirmos uma história sobre a visitação a pessoas sem teto em uma área coberta por árvores, os homens se determinaram a refletir sobre onde poderiam começar a alcançar os pobres e feridos conforme Deus os guiasse. Concordamos que servir aos outros gratifica o nosso coração tanto ou mais ainda do que as vidas que servimos. Como Jesus disse: “...Há maior felicidade em dar do que em receber.” (Atos 20:35), em parte porque à medida em que damos de nossos recursos – que isso envolva bens materiais, nossas habilidades ou tempo – experimentamos a gratidão por podermos ajudar outras pessoas.

Será que essas seis palavras poderiam ajudar você a experimentar mais gratidão em sua vida diária? Você aprendeu a benção da admoestação “Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus.” (I Tessalonicenses 5:18)? 

quarta-feira, 27 de julho de 2016

ESTÁ CANSADO! E NÃO CONSEGUE DORMIR!?


ESTÁ CANSADO! E NÃO CONSEGUE DORMIR!?



Seu corpo está cansado, mas seu coração ainda está aflito. Talvez você esteja com o corpo latejando de dor. Talvez no seu peito vibra uma dor que nenhum analgésico pode aliviar. Conclamo você a descansar no Senhor. Ele traz alívio e refrigério. Ele pode enxugar suas lágrimas e estancar sua dor. Descanse em seus braços. Ele é poderoso para tomar conta da sua vida.
Hernandes Dias Lopes

domingo, 10 de julho de 2016

"Seu Ajudador"


 

 

"Seu Ajudador"

 Max Lucado

Deus diz “Nunca lhe deixarei, nunca lhe abandonarei!” Esta é a promessa que Deus deu a Josué. E ele dá a mesma promessa a você. O escritor da carta aos Hebreus citou estas mesmas palavras em Hebreus 13:5-6 e daí concluiu ao dizer “O Senhor é o meu ajudador, não temerei. O que me podem fazer os homens?”O que alguém poderia fazer comigo? Você conhece as respostas. Mentir para mim. Enganar-me. Abusar de mim. Mas, a Escritura faz uma pergunta diferente. A palavra grega para ajudador nesta passagem significa “clamar, correr”. Quando você precisa de ajuda, Deus corre com um clamor “Estou indo!” Ele nunca lhe abandona. Nunca! Já que Deus é forte, você será forte. Já que ele é capaz, você será capaz. Já que ele não tem limites, você não tem limites.
O Senhor é o meu ajudador! O que o homem pode fazer comigo?

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Antes de Eu Pedir, Ele Sabe

 
Antes de Eu Pedir, Ele Sabe
 |  Pr. Olavo Feijó


Mateus 6:8 - Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes.

No meio de suas instruções sobre oração, Jesus faz a seguinte afirmação poderosa: “Porque o vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes” (Mateus 6:8).

Se o Senhor conhece nossas necessidades, antes até de nós lhe endereçarmos nossos pedidos, não há o perigo de perguntar: “então, porque pedir?”

Aparentemente, esta pergunta não preocupou o Mestre. Logo em seguida, a partir do verso 9, Ele nos ensinou a Oração Dominical, conhecida como Pai Nosso onde, aliás, existem pedidos.

Neste contexto, qual é a utilidade de pedir, se o Senhor a quem pedimos já sabe, de antemão, aquilo de que necessitamos? Dentre algumas possíveis utilidades, talvez valha a pena salientar uma: o Senhor sabe daquilo que verdadeiramente precisamos – e nós, será que sempre conhecemos, de fato, nossas necessidades reais? A experiência diz que não! Nosso conhecimento de nós mesmos é muito superficial e parcial. Não raro, pedimos infantilidades. Por isso, é tremendamente importante ter a certeza de que o Senhor, ao ouvir nossos pedidos imaturos, ainda que sinceros, responda nossas petições de acordo com a visão sábia e paternal que Ele tem de nós. Que bom. Antes de eu pedir, Ele sabe.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Sua Melhor Arma Contra Satanás

 


de Max Lucado

 
Satanás não tem defesa contra seu testemunho pessoal. Então sua melhor arma contra os ataques é uma boa memória!Não esqueça uma só das bênçãos de Deus. Ele perdoa seus pecados – cada um. Ele cura suas enfermidades – cada uma. Ele lhe redime do inferno – e salva sua vida. Ele lhe coroa com amor e misericórdia – uma coroa do paraíso. Ele renova sua juventude – você é sempre jovem na presença dele. Crie uma sala de troféus no seu coração, coloque uma memória na prateleira. Antes de enfrentar um desafio, faça um breve passeio pelos feitos de Deus. Note quantos contracheques ele providenciou, todas as bênçãos que ele lhe deu, todas as orações que ele atendeu.
Imite o jovem pastor Davi. Antes de enfrentar Golias, o gigante, ele lembrou o quanto Deus havia o ajudado a matar um leão e um urso. Enfrente seu futuro lembrando das vitórias de Deus!

domingo, 26 de junho de 2016

ENTUSIASMO COM EXCELÊNCIA

Entusiasmo com a Excelência
Por Robert Tamasy

Uma das coisas agradáveis da vida é ser beneficiado por um trabalho bem feito. Recentemente tivemos diversos trabalhadores empenhados em projetos de melhorias em nossa casa. Entre eles, um especialista em cerâmica para o banheiro, um carpinteiro, pintores, serviço de poda de árvores e fragmentador de tocos. Em quase todos os casos, o serviço deles foi excelente e eu não hesitaria em contratá-los novamente em caso de necessidade.

Esses trabalhadores tinham diversas características em comum.  Tinham orgulho de seu trabalho, desempenhando-o com alto grau de qualidade. Eram meticulosos, atentos a detalhes importantes. Sempre eram pontuais na chegada para o trabalho. Eram amigáveis. E faziam questão de deixar tudo limpo depois de fazer o serviço, mesmo que o projeto se estendesse até o dia seguinte. Eles deixavam tudo limpo e organizado como estava quando chegaram. 

Penso que todos nós admiramos e apreciamos tal diligência.  Entretanto, muitas pessoas parecem satisfeitas com o “razoável”, fazendo o mínimo possível para desempenhar suas atribuições ou compromissos. O orgulho por uma tarefa bem feita tem se tornado cada vez mais raro. Por isso, provavelmente, parece ser digno de nota quando é exibido no ambiente de trabalho. 

Desde o início da criação excelência tem sido uma marca distintiva, um atributo de Deus que tem sido transmitido a todos os que foram feitos “à Sua imagem”. Depois de cada dia da criação, relatada em Gênesis 1, nos foi dito: “E Deus viu que o que havia feito era bom.”  De igual modo, apesar de nossas imperfeições humanas, devemos ser capazes de olhar para trás para o nosso próprio trabalho e “ver que o que foi feito é bom”. Aqui estão algumas observações práticas extraídas da Bíblia sobre a qualidade de nosso trabalho: 

Fomos equipados para realizar boas obras. Quando somos confrontados por um trabalho desafiador, enfrentamos a tentação de dar uma desculpa: “Não posso” ou “Não estou à altura dessa tarefa”.  Entretanto, as Escrituras ensinam que Deus não pedirá que nós façamos alguma coisa para a qual Ele já não nos tenha dado a capacidade de realizar – juntamente com Sua força. “Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou antes para nós as praticarmos.” (Efésios 2:10). 

O bom trabalho será reconhecido. A satisfação de realizar um trabalho com excelência deveria ser, por si só, uma recompensa. Mas também podemos ter a certeza de que nossa diligência e a qualidade do trabalho não deixarão de ser notadas. “Você já observou um homem habilidoso em seu trabalho? Será promovido ao serviço real;  não trabalhará para gente obscura.” (Provérbios 22:29). 

O bom trabalho eleva o nosso valor. Como um amigo meu sempre diz: “Para ganhar mais, você precisa merecer mais.”   Excelência e dedicação para realizar um bom trabalho nos tornam mais valiosos para nossas empresas, empregadores atuais e futuros, e para nossos clientes. Enquanto trabalhadores desmotivados e  descuidados se queixam por não receberem aumentos de salários e promoções,  o trabalho feito com excelência geralmente nos impelirá para posições de maior responsabilidade, mais autoridade e maiores compensações. “As mãos diligentes governarão, mas os preguiçosos acabarão escravos.”  (Provérbios 12:24). 

O bom trabalho deve ser constante. Tornar-se reconhecido como um trabalhador de excelência deve ser uma busca constante.  “Plante de manhã a sua semente, e mesmo ao entardecer não deixe as suas mãos ficarem à toa, pois você não sabe o que acontecerá, se esta ou aquela produzirá, ou se as duas serão igualmente boas.” (Eclesiastes 11:6).