Salmo

domingo, 16 de julho de 2017

DEUS SE IMPORTA COM VOCÊ!

"O Senhor faz justiça e juízo a todos os oprimidos." Salmos 103:6

Independente das situações desagradáveis que você possa ter vivido, 
existe um Deus que é amor e que se importa com você.
Pode ser que você tenha passado por humilhações; 
também pode ser que você tenha sido vítima de injustiças 
e por isso está desanimado(a).
Saiba de uma coisa: 
você só aprende que é realmente forte, quando enfrenta obstáculos.
 Se você depositar sua fé em Deus, e se fizer do Senhor o seu braço forte, 
você irá receber renovo do altíssimo
e vai perceber que tem forças para superar os obstáculos e que pode ir muito mais longe,
mesmo depois de ter pensado que não podia mais dar nem um só passo.
Não se entregue, não desista,
busque ao Senhor em oração e Ele há de renovar as tuas forças.
Autor: Adailton Cavalcante

sábado, 15 de julho de 2017

SOLIDÃO, UM VAZIO NO MEIO DA MULTIDÃO



SOLIDÃO, UM VAZIO NO MEIO DA MULTIDÃO
A solidão é um sentimento que tortura milhões de pessoas. No século da comunicação virtual, da internet e do telefone celular, quando tocamos o mundo com a ponta dos nossos dedos, somos assolados pelo drama da solidão. Entabulamos uma animada conversa virtual de uma hora via mensageiros instantâneos, porém não conseguimos mais sentar ao redor de uma mesa para um bate-papo de cinco minutos. Enfrentamos ruas congestionadas e somos acotovelados por uma multidão nas calçadas, no ônibus e no metrô. Pior que não saber conviver com o outro é não saber lidar consigo mesmo. Pior que não abraçar o outro, é não se sentir confortável na presença daquele que vemos no espelho. Gente precisa de Deus, mas gente precisa de gente. Você precisa de amigos. Você precisa de alguém com quem abrir o coração. Você precisa de um ombro amigo. Vale também dizer que o vazio da alma só pode ser preenchido por Deus. Nem mesmo as pessoas podem preencher essa brecha. O apóstolo Paula estava numa masmorra romana, no corredor da morte, mas mesmo curtindo a dor da solidão e sofrendo o desamparo dos homens, tinha paz na alma por causa da assistência de Deus.
Hernandes Dias Lopes

quinta-feira, 13 de julho de 2017

OLHE PARA AS ESTRELAS








OLHE PARA AS ESTRELAS
“Ele creu no Senhor, e isso lhe foi imputado para justiça.” Gn 15.6 As tempestades nos pegam de surpresa. Tudo parece estar bem e, de repente, enormes ondas e ventos fortes abalam a calma e instalam o medo em nossas vidas. Foi assim que aconteceu com os discípulos de Jesus, quando atravessavam o mar da Galiléia num frágil barquinho. Homens acostumados às tempestades no mar, ficaram apavorados e clamaram a Jesus que os salvasse. Cheio de compaixão e poder, Jesus com uma palavra aquietou o vento e o mar, trazendo de volta a bonança às suas vidas. Você pode estar passando por tempestades em sua vida. O mais importante, nesse momento, é lembrar-se que este Jesus é o mesmo daquela tempestade em alto mar. Ele o ama, tem altos projetos para a sua vida e quer estar em meio à sua tempestade, acalmando o seu coração e ensinando-o a confiar nele. Como os discípulos, você pode estar perguntando: “Quem é este que até os ventos e o mar lhe obedecem?” (Mc 4.35-41). Ele é Jesus, o Filho de Deus, que tem todo o poder. Confie nele!
Hernandes Dias Lopes

terça-feira, 11 de julho de 2017

TENTAÇÃO E PROVAÇÃO



TENTAÇÃO E PROVAÇÃO
Há muitas pessoas que confundem provação com tentação. São coisas distintas e até opostas. Deus prova e o diabo tenta. A provação vem para nos fortalecer; a tentação para nos enfraquecer; a provação vem para tonificar as musculaturas da nossa alma; a tentação para nos derrubar moral e espiritualmente. A provação é a expressão do amor responsável de Deus por nós; a tentação é a evidência da maldade satânica contra nós. A provação nos coloca mais perto de Deus; a tentação nos afasta de Deus. Fujamos da tentação; tenhamos paciência diante da provação!
Hernandes Dias Lopes

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Levar nossas preocupações até a Cruz




Devemos levar todas as nossas preocupações até a cruz; nesse sentido, Paulo também nos diz: "Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças" (Fp 4.6).
Assim como não devemos nos preocupar por "coisa alguma", devemos fazer conhecidas "em tudo" as nossas petições a Deus, com ações de graça. "Em tudo" significa que não existem coisas, por mais pequeninas ou maiores que sejam, pelas quais não devêssemos orar. Não deveríamos administrar algumas coisas por nossas próprias forças, deixando outras por conta de Deus. Nosso Pai celeste tem poder para resolver todos os nossos problemas.
Devemos orar e suplicar "com ações de graça". Devemos agradecer ao Senhor por benefícios já recebidos e agradecer no presente pela certeza dos benefícios futuros. "E esta é a confiança que temos para com ele: que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito" (1 Jo 5.14-15)

O QUE SIGNIFICA 666, O NÚMERO DA BESTA?


Há acirrados debates acerca do significado do número 666, o número da besta. Esse número já foi atribuído a Nero, Napoleão Bonaparte, Hitler, o papa e outros personagens da história. Mas, qual é o seu verdadeiro significado? Muito embora não possamos fechar questão, a melhor explicação que já encontrei é que esse número deve ser interpretado à luz do contexto do livro de Apocalipse. A numerologia em Apocalipse não pode ser desconsiderada, se quisermos chegar ao pleno entendimento da profecia. Dentro da numerologia bíblica, 7 é o número da perfeição e 6, é o número incompleto. 6 repetido três vezes (666), significa a plenitude da imperfeição, a essência da perversidade, a somatória do mal. O anticristo ou a besta que surge do mar será um homem completamente corrompido. Receberá todo poder e autoridade do Dragão. Vai falar blasfêmias, realizar coisas extraordinárias, demonstrar um poder humanamente imbatível e perseguir implacavelmente os cristãos. Será um ser tão perverso que Jesus o chamou de "o iníquo". Esse filho da perdição será quebrado sem ajuda de força humana. Jesus o matará com o sopro de sua boca em sua gloriosa vinda e depois o lançará no lago de fogo, onde será atormentado pelos séculos dos séculos.
Hernandes Dias Lopes